MISSÃO
Espalhando a Verdade
ApocalipseLivro da VerdadeTemas O Livro da VerdadeA Cruzada de OraçãoBaixar LivrosVídeo O Livro da Verdade
translation taken from the site elgranaviso-mensajes.com
Conte a todos
22. Chamai os crentes para converter as almas perdidas
2010-11-26 15:00:00

Minha amada filha, a Santíssima Trindade une-se contigo como um, para incutir a Verdade Divina em cada alma no mundo, por uma questão de urgência.

Minha filha, tu sentes agora a dor e o sofrimento no teu coração, em união Comigo, por causa da humanidade. A fé deles, perdida, traz-te uma profunda tristeza e sentimento de medo pelo seu futuro.

Os Meus amados, leais e devotos seguidores, já estão a unir-se neste momento, em todo o mundo, pelo vínculo do poderoso Amor Divino, em luta para salvar as almas da condenação.

Estes, Meus filhos da Luz, vêm de todas as nações. Eles reconhecem-se uns aos outros de imediato, independentemente da sua raça, cor ou credo. Eu estou a guiá-los para que esse exército de amor ajude a fortalecer a fé da humanidade neste momento da história.

Nunca antes Eu tornei a Minha Presença tão evidente nos corações dos crentes. Eles sentem o sofrimento que Eu sofro, assim como Eu testemunho o empurrão da maldade que emerge do homem, mesmo daqueles de vós que julgais serdes gentis e atenciosos. O amor por si mesmos está a destruir os Meus filhos.

O egoísmo e a falta de consideração por aqueles que os rodeiam e para os mais vulneráveis, deixa uma mancha de vergonha que é difícil de apagar. A crueldade que o homem mostra pelo seu próximo, apenas com um motivo na mente - auto-satisfação - chegou ao ponto mais alto. A obsessão com as suas próprias necessidades é um pecado aos olhos do Meu Pai Eterno.

Tantas desculpas falsas, feitas em nome da auto-estima, são totalmente inaceitáveis e contra os Meus Ensinamentos. Amai-vos uns aos outros. Tratai os outros como esperaríeis de serdes tratados. Pensai nas necessidades dos outros antes das vossas. Defendei os direitos humanos dos vossos irmãos e irmãs, quando eles enfrentarem a injustiça dos outros. Nunca, jamais, justifiqueis a punição de uma pessoa a fim de obterdes vantagem material. Mostrai amor e compaixão, mesmo pelos vossos inimigos. Isto não é uma tarefa fácil por causa das inseguranças materiais que os Meus filhos sentem. Os sintomas da própria obsessão com a riqueza, beleza e o tão chamado sucesso, que muitas pessoas acreditam ser atributos naturais do ser humano, podem causar uma confusão terrível.

A ideia de que as pessoas fizeram uma lavagem cerebral para colocar as suas próprias necessidades em primeiro lugar, em nome da auto-estima, foi implantada na psique humana há longo tempo, mas esta filosofia tem sido reforçada pelos poderes da moderna comunicação. Quando os Meus filhos ouvem estas mensagens quase diariamente através da televisão, cinema, música e internet são levados a aceitar estas Mensagens como sendo importantes.

Apesar da falsa promessa dessas crenças, que são atraentes no que elas oferecem em auto-estima, que é difícil de rejeitar, elas representam, Meus filhos, aceitar a mentira. A mentira que foi implantada pelo enganador - Satanás.

A inquietação que sentem logo em seguida, após vos terdes aproveitado de outra pessoa é, para eles, difícil de entender. Eles, Meus filhos, tendo conquistado e cobiçado o prémio não são felizes, então, procuram cada vez mais, de forma insaciável, para satisfazer os seus apetites. Mas é inútil. Eles não podem satisfazer-se plenamente a si próprios. Eles são desprovidos da verdadeira alegria, do contentamento natural, e não entendem o vazio que sentem por dentro.

Quando vos colocais primeiro, antes dos outros, isso é egoísmo. Quando tirais vantagem injusta sobre aqueles que são mais fracos e mais vulneráveis do que vós, isso é pecaminoso. Quando abusivamente usais de habilidade para com uma pessoa que vive com dignidade, e em seguida a privais do direito de alimentar as suas famílias de forma adequada, ofendeis-Me profundamente. Eu sofro por essas almas. Fazer ao vosso próximo estes erros é o mesmo que fazê-lo Comigo. Quando vós feris o vosso próximo através de palavras de rancor, sois culpados de infligir dor no Meu Coração. Quando o homem pune o outro através da violência, renova a dor da Minha Paixão na Cruz.

Eu revivo-a. Eu sinto a sua dor como se Me infligísseis um dano corporal. Quando sois assassinos, sois culpados da indignidade final de Me pregar Cruz.

Os Meus filhos sabem isso. O pecado vai levá-los para o Inferno. Isso é assustador para aqueles crentes que Me vêem como um misericordioso juiz. A Minha Promessa de Misericórdia ilimitada, que Eu vou dar a todos e a cada um de vós que se arrependa, ainda é garantida. Mas como posso salvar aqueles que não querem ver o erro das suas vidas?

Anunciar a Verdade dos Meus Ensinamentos é importante. É por causa do apelo das muitas distracções que são oferecidas, que muitos dos Meus filhos têm extrema dificuldade em reconhecer a Palavra de Deus. Muitos não têm conhecimento dos Ensinamentos de Deus através dos profetas ou das Sagradas Escrituras. Muitos simplesmente não querem saber. Outros, recusam-se a escutar, mesmo quando a Palavra é espalhada pelos Meus profetas e visionários de hoje, com sinais claros para que todos possam ouvir. É por isso que é necessário que os crentes rezem pelos outros. As orações especiais são necessárias agora. Pela oração à Divina Misericórdia, a oração poderosa dada a Minha amada Irmã Faustina, muita conversão acontecerá.

Quando isso acontecer, Eu peço que todos os Meus filhos se reúnam em grupos de oração para continuarem a orar e a dar orientações aos Meus filhos pródigos - vossos irmãos e irmãs.

Em Meu Nome e da Santíssima Trindade, exorto os Meus filhos queridos para unirem forças, em união com o Meu Coração, e ajudarem-Me a salvar essas almas. Eu amo a todos eles tanto que Eu choro lágrimas tristes e amargas de dor por eles. Eu não quero perdê-los.

Ajudai-Me, Meus seguidores na Luz, para reunirdes essas almas perdidas à Minha família, para que elas também possam experimentar o Verdadeiro Paraíso, para o qual se devem esforçar continuamente.

Estendei-lhes a mão. Falai com eles. Escutai-os. Mostrai-lhes compaixão, mesmo quando eles voltam o seu rosto com desprezo. Mostrai paciência. Acima de tudo, fazei-lhes sentir o Meu Amor por eles através de vós.

Eles terão dificuldade em aceitar-vos e zombarão de vós. Pelas vossas orações podereis, e ireis, salvar as suas almas.

Eu vos saúdo Meus seguidores preciosos. Vós trazeis lágrimas aos Meus olhos pelo amor e devoção que mostrais por Mim, pela Minha Mãe Santíssima, Rainha dos Céus e pela Santíssima Trindade.

Nós, e todos os anjos e santos no Céu alegramo-nos pela vossa resposta a este chamamento. Então ide fazer o vosso Trabalho em Nome do Meu Pai Eterno. Trazei de volta o Meu Rebanho.

O vosso Dedicado Salvador Jesus Cristo

 
COSTAS PARA FRENTE